Um bacanal político na discussão pelo futuro da Covilhã

cmc

Já se adivinhava mais um capítulo nesta triste aventura rumo ao poder local. O PSD Covilhã  retirou a confiança política a Pedro Farromba, vice-presidente da câmara municipal, eleito pelo partido em 2009, e agora candidato independente às autárquicas que se avizinham. Francisco Castelo Branco, líder da comissão política, foi mais longe e indicou que Farromba é agora candidato do CDS-PP às eleições de Outubro. Apelidou-o de oportunista e encerrou  de vez as portas a um entendimento. Joaquim Matias está definitivamente na corrida mas poderá encontrar nova pedra no sapato. Notícias indicam que, como vaticinei na última opinião transcrita para o papel sobre o assunto e que o Jornal do Fundão se permitiu a publicar, Carlos Casteleiro pode mesmo avançar como independente. Estaremos nós preparados para um verdadeiro bacanal político na discussão pelo futuro da nossa cidade? Quem beneficiou realmente com o apoio do CDS-PP a Pedro Farromba? Qual é a verdadeira posição do actual presidente? Que projecto terá Carlos Casteleiro em mãos? Terá, de facto, algum? Muitas perguntas e poucas respostas. Só o tempo nos dirá a quantos será esta corrida e a quem devemos confiar o futuro de uma cidade que precisa de desenvolver com mais eficácia as suas potencialidades no turismo e a nível cultural.

Ivo Rocha da Silva

Covilhã, 31 de Março de 2013

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s