O último sorriso de Miklós Fehér

Lembro-me como se fosse hoje. Estava no Covilhã Parque Hotel a ver o jogo quando aconteceu. Assim que caiu, recordo-me de dizer em tom de brincadeira: “Olha, já morreu”. O que infelizmente se veio a verificar. Morreu tragicamente, ainda que, certamente, a fazer uma das coisas que mais gostava na vida. Que a 29 seja sempre do Miklós Fehér. E que o seu último sorriso seja sempre recordado por quem o viu.

Um pensamento sobre “O último sorriso de Miklós Fehér

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s