“O Vencedor Está Só”

Terminei esta manhã a leitura do último trabalho de Paulo Coelho: “O Vencedor Está Só”.

Recebo livros no Natal porque quem me conhece sabe que gosto de os receber. Apesar de ganhar vários, é a minha irmã que tem o dom de escolher o melhor. O que destoou este ano? Nada. Ou talvez o género do livro. Normalmente sou presenteado com policiais de Agatha Christie ou A. C. Doyle mas, este ano, fiquei surpreendido ao receber das suas mãos uma obra de Paulo coelho. Quinze dias e cerca de 350 páginas depois estou impressionado. É uma obra de qualidade infinda e que nos leva a embarcar numa missão completamente louca e fascinante.

Não tem bruxas nem magos mas Paulo Coelho recorreu ao esotérico quando criou a personagem que acompanha o nosso vencedor na sua missão. Em vinte e quatro horas, durante o Festival de Cinema de Cannes, Paulo Coelho disseca a sociedade, numa crítica à Superclasse que dita as regras dos nossos dias. O produtor envolvido em negócios escuros, a actriz que quer entrar para a elite, a jovem modelo e a sua amante, as celebridades de Hollywood e os grandes estilistas são o mote para Paulo Coelho palmilhar o mundo do glamour retratando-o de maneira única, recorrendo a Igor Dalev, um milionário russo que traçou um plano infernal do qual constam várias mortes para recuperar a sua amada, Ewa, que o trocou por um dos mais famosos estilistas do planeta. Mas o Vencedor não está só e, apesar da tentação do demónio, irá até ao fim!

3 pensamentos sobre ““O Vencedor Está Só”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s