Uma homenagem a Jorge Perestrelo

O jornalista e locutor desportivo, Jorge Perestrelo, morreu, aos 56 anos, vítima de enfarte de miocárdio. A ideia é unânime entre os amigos. O jornalista mudou o relato e marcou uma época em Portugal.

Nada como homenagear um ídolo… e Jorge Perestrelo era um dos meus. Desde pequeno que a paixão pelo relato me levou a ouvir os jogos do Jorge na Sic e mais tarde a retirar o som da televisão para ouvir os relatos dele na TSF… Era o relatador dos relatadores, o homem que vibrava e fazia vibrar quem ouvia um jogo pela rádio como nenhum outro! E foi-se… como se nada do que fizera tivesse alguma importância… E se um dia relatar um jogo, seja na TSF ou na Renascença, nesse dia só terei uma coisa em pensamento… o grande Jorge Perestrelo. Nunca mais consegui ouvir  a TSF, não tem o mesmo encanto. Continuo um grande fã do relato mas agora mudei de estação e ouço o Pedro na Renascença. É com grande pesar que relembro aqui hoje  a perda do homem que gritava os golos de Portugal, enquanto entoava o hino nacional. Um adeus sofrido na altura que ainda hoje, três anos depois se nota naqueles que seguiam o relato do Jorge. Recebi a notícia de maneira curiosa, um amigo estava a ler o jornal e disse em voz alta: “Morre Jorge Perestrelo!” Não acreditei até ver na televisão…   Perde-se a voz, guardam-se as memórias!

Jorge Perestrelo… o melhor de sempre e para sempre! 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s